Confiance | Empresas de Auditoria em SP

Quais os tipos de relatórios de auditoria?

A auditoria é uma ferramenta interessante para diagnosticar falhas e identificar possíveis pontos de melhorias para as empresas. Esse diagnóstico é dado através de relatórios e existe um para cada caso, são vários tipos de relatórios de auditoria onde é exposto as conclusões situacionais da empresa.

Cada tipo de relatório tem uma finalidade e é aplicado para uma situação específica, mas em todos, o conteúdo deve ser sempre apresentado de forma clara e objetiva, sugerindo metodologias de prevenção e de correção, de forma que seja de fácil compreensão para o cliente auditado.

Da mesma forma que existem vários tipos de relatório, também existem vários tipos de auditoria. Por isso, o auditor deve selecionar o mais adequado para a auditoria que estiver sendo solicitada pelo cliente e para a apuração dos fatos.

Veja também:

Conheça os tipos de relatórios de auditoria

Existem 5 tipos de relatórios de auditoria, sendo eles sintético, analítico, especial, parcial e verbal. Confira as particularidades de cada um:

1 – Relatório Sintético

Os relatórios sintéticos têm a finalidade de informar os fatos de forma objetiva e direta. Geralmente, esses relatórios exigem uma maior capacidade do auditor de transmitir os acontecimentos de forma rápida e sucinta, sem omitir os pequenos detalhes.

2 – Relatório Analítico

Como o próprio nome do relatório diz, ele é mais analítico. Este relatório geralmente é apresentado para os colaboradores que executam as atividades da empresa e, por isso, existe a necessidade de ser mais detalhado, apresentando a solução para os problemas de forma simples e clara.

3 – Relatório Especial

O relatório especial é aquele que tem a finalidade de expor informações confidenciais e sigilosas, por isso é apresentado apenas para a diretoria da empresa.

4 – Relatório Parcial

O relatório parcial tem o objetivo de apresentar, de forma imediata, alguma ocorrência que precise de intervenção imediata. 

Como por exemplo, durante a auditoria, é identificado pelo auditor uma falha que precisa ser corrigida com urgência para evitar a continuidade de falhas nas outras etapas da examinação, logo é emitido o relatório parcial.

5 – Relatório Verbal

É utilizado quando não há a necessidade de emissão de relatórios físicos. O auditor apresenta verbalmente, de forma clara e objetiva as informações analisadas, ocorrências encontradas e sugestões de melhorias. 

Neste caso, o auditor precisa ser cauteloso e ter cuidado para que a sua fala seja compreendida e assimilada por todos os colaboradores da empresa presente, pois os mesmos não terão onde consultar as informações novamente se houver necessidade.

Como saber qual é o tipo de relatório que deve ser aplicado para cada tipo de auditoria? 

Não existe uma regra para aplicação dos relatórios. No momento das auditorias, o auditor identifica quais são as necessidades da empresa, ocorrências, sugestões de melhoria e adapta ao tipo de relatório que é mais adequado para a situação.

Se você ainda tiver alguma dúvida referente a este assunto, entre em contato conosco e converse com o nosso time de especialistas. Para continuar tendo acesso a conteúdo como esse, continue acompanhando o nosso blog!